segunda-feira, 31 de maio de 2010

Memórias de um Vampiro, Rafael Loureiro



"Memórias de Um Vampiro é o primeiro volume de uma trilogia onde romance e aventura se combinam para nos abrirem as portas a um universo repleto de emoções intensas, valores supremos e conflitos arrebatados. Daimon DelMoona, nascido no século XVII, viu o seu mundo desmoronar-se quando a mulher que ia desposar morre. Do seu sofrimento é resgatado por uma vampira, que lhe concede o Novo Nascimento. E assim começa uma odisseia que atravessa os séculos para culminar numa batalha contra o tirano Alexander, um vampiro sedento de poder. Para travá-la, novas alianças terão de ser forjadas, e um amor com ressonâncias do passado terá de ultrapassar duros obstáculos. Mas conseguirá Daimon vencer esta cruzada e concretizar o seu amor sem fim?"



Gostei bastante deste livro. Aqui está a prova que não são só os estrangeiros que sabem escrever sobre géneros mais fantasiosos. Também temos muita qualidade neste nosso país, e deveríamos dar mais valor do que efectivamente o fazemos. 

Adorei a acção em si, a descrição das cenas, contadas na primeiro pessoa, as personagens bem elaboradas. Um trabalho muito bem apresentado, não se limitando à acção presente, mas a toda a história envolvente. 

Houve apenas um detalhe que não apreciei grandemente: a história foi contada a uma velocidade estonteante; talvez se existisse maior suspense, mais complexidade na relação entre as personagens, isso contribuísse para que este livro se tornasse ainda melhor. 
Aguardo com curiosidade pela sequela, já editada.