quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Como salvar um coração partido, Susan Richards

"A égua que Susan Richards decidira adoptar não queria entrar no atrelado. Lay Me Down, porém, uma antiga égua de corrida com um poldro nos calcanhares, subiu docilmente a rampa e entrou na vida de Susan. Subalimentada, fruto de uma vida dura, Lay Me Down tinha, no entanto, um coração aberto e generoso. O destino levou-a para o picadeiro de Susan, onde ensinou esta mulher de coração destroçado a abraçar as alegrias da vida, apesar dos seus perigos.
As lições de amor são muito diversas. Para Susan, a adopção de uma égua maltratada teve um impacto fantástico na sua vida, um impacto que nunca teria podido prever. A experiência mostrou-se profundamente instrutiva, levando-a a acreditar que o amor pode alimentar o espírito humano e ajudá-lo a ultrapassar a dor e a perda de uma pessoa querida.
Uma história inspiradora sobre o significado da família e o que a perda de um ente querido nos pode fazer e fazer por nós."


Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 216
Editor: Casa das Letras
P.V.P. € 14,00


Não tenho o hábito de ler histórias baseadas em testemunhos verídicos por uma simples razão: a realidade já constitui por si só um emaranhado de problemas e complicações que encaro os livros como uma alternativa saudável; e por isso quando tenho de escolher algum livro, opto sempre pela ficção.
No entanto, este livro constituiu uma leitura comovente (tudo o que envolva maus tratos a animais deixa-me lavada em lágrimas), que mostra como a ligação entre as pessoas e os animais pode ser muito forte; mas ao mesmo tempo este livro apresentou-se como uma leitura simples e bastante directa.
É um livro que aconselho a todos os leitores, quer gostem de animais, quer não, pois é uma leitura comovente e que nos envolve a cada página.