segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Avatar

Recentemente, escrevi um post sobre este filme, e após ver o trailer devo dizer que fiquei com grandes expectativas.
Apesar da longa duração do filme, cerca de 162 minutos, devo dizer que não me desiludiu; muito pelo contrário: Avatar é para mim, neste momento, um dos melhores filmes que já tive a oportunidade de ver.

A história em si é bastante envolvente: não é apenas a história de Jake, um ex-marine que veste a pele de um avatar para reunir informações sobre um povo que habita na floresta que é considerado selvagem; é também a história de um povo que luta pela sobrevivência, os Na'vi, um povo que vive em sintonia com a Natureza.
Grande parte do filme é feito a computador, e embora tenha pequenas falhas, quase imperceptíveis, as imagens são de uma beleza, de um esplendor magnífico, principalmente durante os vôos dos Ikran e do Toruk.

A banda sonora é fantástica, elevando o suspense ao máximo. Devo acrescentar que o filme passou num instante, não obstante a sua longa duração, e embora não possua uma história complexa, sendo que o fim se torna algo previsível, é bastante envolvente e a certo ponto a visão que tinha dos acontecimentos mudou totalmente, e mais não posso dizer, ou estarei a divulgar demasiadas informações a quem ainda não viu o filme.
Uma das personagens que mais me cativou foi Grace, interpretada por Sigourney Weaver, devido ao seu carácter forte e à forma pura como se relacionava com os Na'vi; e Neytiri, a princesa do clâ Omaticaya, devido à sua compaixão.
Para mim este filme tem uma mensagem óbvia: no fundo quem serão os selvagens senão os próprios humanos?




Aqui fica a sinopse do filme e o trailer:

"Avatar é a história de um ex-Marine que se vê envolvido em hostilidades num planeta desconhecido, habitado por “aliens” com exóticas formas de vida.Como ele é um “Avatar”, uma mente humana num corpo de alien, encontra-se dividido entre dois mundos, numa desesperada luta pela sobrevivência. “Avatar” marca o regresso de James Cameron à direcção das grandes produções desde “Titanic”de 1997, o maior êxito de bilheteira de todos os tempos, e transporta-nos a um espectacular mundo para além da nossa imaginação, onde um herói rebelde embarca numa viagem de redenção, descoberta e amor inesperado, assim como lidera uma batalha heróica para salvar a civilização. WETA Digital, reconhecida pelo seu trabalho na trilogia de “O Senhor dos Anéis”e “King Kong”, incorporam as novas tecnologias CGI e transformam os ambientes e personagens em imagens 3D enriquecendo esta aventura épica, plena de acção e fantasia."