segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Novidades Camões & Companhia para Agosto



Os Passos Perdidos  - Alejo Carpentier

Um livro estimulante, quase mítico. Representativo daquilo a que o próprio Alejo Carpentier chamou “o real maravilhoso americano”, este romance constitui uma busca das origens, a procura de uma Idade de Ouro perdida. A personagem central dispôe-se a subir Orenoco, na Venezuela, em busca de um tempo primordial, tentando assim alcançar as raizes da vida. Desfilam nesta obra os mineiros dos campos de petróleo, os padres missionários, os vaqueiros, os astrólogos, as prostitutas em busca do El Dorado, os índios dos lugares visitados, os espirítos, os rituais, as histórias e os mitos de um tempo em que um homem branco ainda não pisara o continente americano.
Para Carpentier, a América é um repto de um “novo mundo” apressadamente entrevisto por viajantes e poetas, poucas vezes correctamente apreendido.


Este mês juntamos mais um nome da mais alta qualidade literária. Alejo Carpentier é um nome equiparado aos maiores nomes da literatura mundial. Este autor terá sido (junto com Borges) o grande precursor do realismo mágico. Apontado como “tutor” de Gabriel Garcia Marquez, diz-se que Marquez terá deitado fora o seu primeiro manuscrito de “cem anos de solidão” após ter lido a obra de Carpentier.
Sem ficar a dever nada a Roberto Bolaño, Carpentier merece conquistar tantos leitores como Bolaño em Portugal.
Continuaremos publicando a obra de Carpentier -  Passos Perdidos é apenas o primeiro.
É um autor que não deixará ninguém ficar mal. Consulte também o dossier que lhe envio sobre o autor. Ou melhor ainda, leia o livro pois será, seguramente, dos melhores livros que irá ler este ano em Português.


● “O melhor romance que apareceu na América Latina dos nossos tempos.”

- LE FIGARO LITTÉRAIRE


● “A escrita de Carpentier tem o poder de alcance de um órgão de catedral.”

- THE NEW YORKER
 
 
Editora: Saída de Emergência
Colecção: Camões & Companhia
Género: Literatura Contemporânea
Páginas: 224
P.V.P.: € 18,97
Data de Lançamento: 6 de Agosto



Melincué – Maria Cecilia Muruaga

Os filhos do morto, a mãe dos filhos do morto, a criada da mãe dos filhos do morto e, naturalmente, o morto antes de morrer: todos contam partes de uma história que dura mais de trinta anos e tem mortos no começo, no meio e no fim, e que mais do que tudo é uma história de amor. Do amor entre um pai e os seus filhos, do amor devoto de uma filha ao seu pai, e do amor transparente entre dois amigos.
Esta é a atracção anedótica deste livro, potenciada pelo talento da escrita de Maria Cecilia Muruaga que, na sua surpreendente primeira novela, usa uma prosa reflexiva e madura, com um fino conhecimento da arte de narrar e permite que os contraditórios sentimentos dos personagens de Melincué invadam e interpelem os dos seus leitores de forma inesquecível.


● Uma obra repleta de humor negro, mas mais do que tudo uma história de amor.

● Uma visita à Argentina rural. Um cenário mágico, para um mundo que julgávamos esquecido.



Editora: Saída de Emergência
Colecção: Camões & Companhia
Género: Literatura Contemporânea
Páginas: 160
P.V.P.: € 16,96
Data de Lançamento: 6 de Agosto